Resenha do livro:  O Escravo da Capela

Título do livro: O Escravo da Capela

Autor: Marcos de Brito

Gênero: Terror

Editora: Faro Editorial

Quantidade de página: 283.

Onde comprar: Aqui;

Sinopse do livro – O Escravo da Capela:

Durante a cruel época escravocrata do Brasil Colônia, histórias aterrorizantes baseadas em crenças africanas e portuguesas deram origem a algumas das lendas mais populares de nosso folclore.Com o passar dos séculos, o horror de mitos assustadores foi sendo substituído por versões mais brandas. Em “O Escravo de Capela”, uma de nossas fábulas foi recriada desde a origem. Partindo de registros históricos para reconstruir sua mitologia de forma adulta, o autor criou uma narrativa tenebrosa de vingança com elementos mais reais e perversos. Aqui, o capuz vermelho, sua marca mais conhecida, é deixado de lado para que o rosto de um escravo-cadáver seja encoberto pelo sudário ensanguentado de sua morte. Uma obra para reencontrar o medo perdido da lenda original e ver ressurgir um mito nacional de forma mais assustadora, em uma trama mórbida repleta de surpresas e reviravoltas.

Resenha do livro – O Escravo da Capela:

O livro é impactante desde a primeira página, como uma novela instigante, ele nos leva a querer apreciar cada minuto de leitura, com a imaginação presa a cada detalhe impiedoso do história.

A primeira marca do livro O Escravo da Capela, é a brasilidade do livro, uma história narrada no cenário nacional, baseada em um dos folclores mais populares de nossa literatura: O Saci Pererê.

O Escravo da Capela, não é mais um dos clichês de terror americanizados a qual estamos acostumados. É uma obra original.

Com uma pitada  intensa de um romance proibido, mesclado a um suspense tenso e situações extremamente desumanas e sangrentas, marcas da nossa cruel escravatura, ler o livro é como assistir uma extasiante novela, querendo desperadamente chegar ao final.

E que final! Se você está esperando um livro previsível é melhor tirar O Escravo da Capela de sua lista de leitura. Esse livro pode ser tudo, menos… Previsivel.

Outro ponto que levou essa obra a ser tão fantástica é o conceito repassado durante o livro: o conservadorismo da época e uma dose reforçada de crítica social. Tem como livro ser mais perfeito?

Comentando o livro – O Escravo da Capela:

Peço desculpas caso a resenha tenha sido superficial. Porém, é uma obra difícil de se resenhar sem dar spoiler.

Eu arriscaria dizer que O Escravo da Capela é uma das, senão a melhor leitura que fiz esse ano. Agradeço ao autor pela oportunidade que eu tive de ler esse livro. Pode apostar, que farei questão de adquirir outras obras, para me aventurar, da mesma forma que ocorreu com o livro O Escravo da Capela.

 

Avaliando o livro – O Escravo da Capela: 5

Acredito que esse livro não precisa ser avaliado pelos critérios individuais, já que não apresentou nenhum ponto negativo. Eu amei 100% a leitura.

Gostou? Está procurando alguma coisa pra ler? Veja a resenha completa do conto Madrugada Macabra.

Resenha do livro:  O Escravo da Capela
O quê achou desse post?

About Keslley Cremonezi

Keslley Cremonezi foi considerada uma das romancistas mais nova do Brasil com mais de onze livros escritos, publicou o primeiro livro: O Sabor da Vingança aos 14 anos de idade e o livro Terra de Floreyviu – Encanto de Fadas um ano depois. Conquistou quase um milhão de leitores no ano de 2016 com o livro: A Noiva do Meu Irmão, publicado na internet. Hoje aos 17 anos é redatora publicitária com mais de três mil artigos publicados na internet, cursou Web designer e Marketing Digital. Keslley Cremonezi é modelo agenciada por uma das maiores agencias de moda do país. Pretende cursar fotografia, psicologia e teatro. É resenhista e blogueira do Portal dos Leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *