Como escrever um livro de romance? Tudo o que você precisa saber para escrever um livro de sucesso!

Você quer aprender a escrever um livro de romance de sucesso? É mais fácil do que parece!

        Escrever um livro de romance! Esse é um sonho de inúmeras pessoas, apaixonadas pelo universo da literatura.

Uma coisa é certa: não existe nenhum método secreto para escrever um livro de sucesso. Cada escritor tem as suas próprias técnicas de escrita para tirar as suas obras do cabeça e passá-las para o papel.

O que irei passar para você, são técnicas que aprendi ao escrever mais de cinco de livros de romances. Dois publicados em formato físico e um considerado Best Sellers digital.

Quando consegui divulgar os meus livros e mergulhei no mundo da escrita, trabalhando como redatora publicitária, recebi inúmeros emails de pessoas pedindo ajuda para escrever um livro de romance. E foi através dessas dicas que muitas delas, conseguiram fazer com que o seu sonho, se tornasse realidade.

Nesse post você irá aprender tudo sobre como escrever um livro de romance: Desde a primeira palavra a partir do zero até o processo de publicação: seja ele físico ou virtual.

Muitos escritores, oferecem o conteúdo semelhante ao que estou te oferecendo (na maioria das vezes incompleto) por um valor muito alto na internet!

Espero que a leitura seja prazerosa. Qualquer dúvida é só deixar nos comentários, que eu terei o maior prazer em responder você. Boa Leitura!

Veja também:

 

Se você já tem um livro escrito e está buscando uma editora para publicar: Clique aqui.

Começar a escrever o livro de romance do zero –  Deixe a imaginação fluir:

Como escrever um livro de romance? - Deixe a imaginação fluir

Se você quer escrever um livro de romance irá precisar de muita imaginação e criatividade, afinal nenhum leitor quer ler uma obra plagiada. Originalidade é extremamente importante e sua mente tem de obra.

Uma dica que costumo dar aos meus leitores que querem escrever um livro de romance e buscam por inspirações interessantes é: Pesquise por músicas instrumentais no Youtube, coloque um fone de ouvido e deixa a sua mente trabalhar. Acredite, ela irá liberar coisas que você nem pode imaginar.

A imaginação para escrever ao seu livro, pode surgir de qualquer lugar… Desde uma histórica verídica que você quer se inspirar a um programa de televisão que você assiste no final de tarde. E quando a imaginação vier, alimente. Crie perguntas para si mesma.

A imaginação é mais importante que a ciência, porque a ciência é limitada, ao passo que a imaginação abrange o mundo inteiro. – Albert Einstein.

Um exemplo: Ele estava sentado na calçada. As lágrimas caiam de seu rosto desesperadamente.

Mas… Me responda: Porque ele estava chorando? Qual é o seu palpite?

  • Será que um grande amor o deixou?
  • Será que perdeu um ente querido?
  • Ou quem sabe… Foi demitido do emprego a qual se empenhou tanto para conseguir?

É através desses questionamentos que a sua mente irá criar as histórias mais mirabolantes possíveis. Não a impeça de trabalhar. Alimente-a.

Não espere que o livro venha pronto em sua cabeça. Mas, quer uma motivação para escrever esse livro?

Se você escrever uma pagina por dia ao longo de um ano, você terá um livro de 365 paginas. Não tenha pressa, com disposição, você chega lá.

Uma informação interessante é que a imaginação não tem hora para aparecer. Esteja sempre preparado para recebê-la e não deixe a oportunidade de algo incrível para seu livro fugir. Ande sempre com um caderno, ou anote no bloco de notas do celular. Sempre que viver aquela inspiração incrível para seu livro.

Não se esqueça que um livro é feito de cenas. Já aconteceu comigo, de planejar um livro inteiro só porque uma cena (que ficaria no final do livro), não saia da minha mente. E o mais interessante é que quando eu terminei o livro, percebi que a cena nem fazia sentido e a desclassifiquei.

 

Então se você quer escrever um livro de romance não deixe de aproveitar esses momentos. De cena em cena é que se faz um grande filme. Um livro é a mesma coisa… Você precisa saber aproveitar esses momentos.

Uma sugestão para quem quer anotar esses cenas, são os aplicativos Docs (Documentos do Google), Bloco de Nota e o Evernote (sinceramente o meu favorito).

Bônus: Talvez nem seja relevante, mas quero compartilhar com vocês… O meu livro Dupla Identidade, foi inteirinho inspirado na música silêncio de Beethoven.

Como evitar o bloqueio criativo?

Geralmente quem já sofreu de bloqueio criativo costuma acreditar que será sempre perseguido por esse problema. E pelo fato de não ter conseguido seguir adiante em um determinado momento, não conseguirá terminar de escrever o livro.

       Mas, Keslley porque falar sobre como evitar um bloqueio criativo, irá me ajudar a escrever um livro de romance?

É simples… Se você quer escrever um livro de romance, precisa saber lidar com esse problema. Afinal, tenho certeza que se souber lidar com o bloqueio criativo, conseguirá levar o seu livro até o final.

O que é um bloqueio criativo? É a perca temporária da habilidade de desenvolver algo.

O bloqueio criativo acontece pelos seguinte fatores:

  • Medo do fracasso!
  • Perfeccionismo.
  • Medo da rejeição pós-sucesso.

Lembre-se: Quem não arrisca não petisca. Todo sim, é a resposta de vários nãos. Então, não tenha medo do fracasso. O verdadeiro fracasso, vem daquele que não tem coragem de arriscar.

O perfeccionismo é algo difícil de se superar. Porém, ao invés de deixar que isso bloqueie a sua imaginação, use ao seu favor. Afinal… Não existe livros perfeitos, mas se você se dedicar muito, pode chegar quase lá.

Quando se faz muito sucesso com algo, é comum ter medo de manchar esse imagem perante as pessoas. Mas, não deixe esse medo te impedir de escrever um livro de romance.

         Não se esqueça: Quem controla a sua mente é você!

Incentive a sua imaginação. Busque. Crie. Não tenha medo de arriscar. Você conseguirá escrever esse livro!

Ambientando o meu livro de romance:

Um livro é composto por vários elementos. Não adianta você ter o roteiro perfeito, se o seu livro não está bem ambientado. Cada cena, ocorre um determinado lugar e isso deve ficar claro para quem está lendo.

Por exemplo: Ele estava sentado na calçada. As lágrimas caiam de seu rosto desesperadamente.

Onde ele estava? Na calçada… Mas, onde é essa calçada? Como é o ambiente a sua volta.

  • Ele estava sentado na calçada da avenida Brasil. As lágrimas caíam de seu rosto desesperadamente, confundindo-se com as gotas de chuva que caía do céu.
  • Ele estava sentado na calçada. As lágrimas caíam de seu rosto desesperadamente, enquanto ele olhava o céu estrelado daquela noite de inverno…
  • Ele estava sentado na calçada aquela tarde. Escutava as crianças brincando de futebol do outro lado da rua. As lágrimas caíam de seu rosto desesperadamente, nem parecia que aquela, era uma tarde ensolarada de domingo.

Observe como esses três cenários e definição de tempo, apresenta um aspecto totalmente diferente da obra que está escrevendo. Eles precisam ser pensando se você quer escrever um livro de romance de sucesso.

Como descrever um ambiente?

Quando você planejar uma situação, pense também no cenário. Ambiente a situação de acordo a sua imaginação. Porém é importante saber como descrever esse ambiente para não frustar os seus leitores… Vamos a mais um exemplo?

Exemplo: Ele estava sentado na calçada da avenida Brasil. O asfalto cinza estava desgastado e o barulho dos carros o incomodava. Observou as três pedrinhas pretas no chão, enquanto sentia as lágrimas caírem desesperadamente de seus olhos, confundindo-se com as gotas de chuva densas que caía do céu azul.

  • Qual desses elementos é realmente importante para a compreensão do livro?
  • Qual desses elementos contribuí para imaginação do leitor?
  • É realmente necessário ter todas essas informações?

Você precisa fazer o leitor imaginar o cenário como um todo, mas sem cansar. Porque uma escrita muito detalhada irá fazer com que o leitor se canse rapidamente do que está lendo.

Seja o mais objetivo possível. Detalhe, mas sem exagero…

“O necessário… Somente o necessário… O extraordinário é demais!”

Desenvolvendo os meus personagens:

De forma geral, os personagens são a alma do seu livro. Porque eles são a ponte para conquistar o coração do leitor. Não adianta nada escrever um livro, com um cenário maravilhoso e não saber desenvolver os seus personagens.

O meu maior erro ao escrever o meu primeiro livro de romance, foi justamente esse… Eu não sabia desenvolver os personagens.

Você precisa compreender que a partir do momento que você decidiu começar esse livro, está criando um universo. Com personagens que tem atitudes, personalidades e sentimentos. E esses requisitos, precisam ser valorizados, para que o seu livro de romance se torne um sucesso.

Faça uma lista com todos os personagens que seu livro terá.

  • Qual é a relação entre eles?
  • Porque você precisa deles para o seu livro?

Como criar personagens realistas?

Se você quer criar um personagem realista, precisa pensar nele, como alguém real. Que faria coisas que alguém como a personalidade dele costuma fazer.

Além da personalidade é preciso pensar nas características físicas desse mesmo personagem.

  •   Ele estava sentado na calçada da avenida Brasil. Passou as mãos pelo rosto limpando as lágrimas que escorriam de seus olhos verdes como a esmeralda. As gotas de chuva caíam sobre sua pele… Ele odiava a chuva. Mas, naquele momento a tristeza em seu coração, não lhe dava ânimos para procurar abrigo. Ele só queria se esquecer daquela humilhação terrível a qual passara minutos atrás.

Quantas informações é possível tirar da discrição acima?

  • Ele estava na calçada da Avenida Brasil.
  • Ele tem olhos verdes como a esmeralda.
  • Ele odeia chuva.
  • Ele estava chorando.
  • Ele queria esquecer de uma humilhação.

Outra informação importante para fazer com que seu livro tenha um personagem realista é: Faça com que o leitor entenda o que ele está passando. Antes que você diga a ele:

Exemplo: Passou as mãos pelo rosto limpando as lágrimas que escorriam de seus olhos verdes como a esmeralda. – Você sabe que ele está triste, mesmo antes de alguém citar essa tristeza.

Uma dica: Faça um roteiro com perguntas e respostas, sobre cada um de seus personagens. Conheça-os, antes de colocá-los no papel.

Definindo o meu gênero para o meu livro de Romance:

Existem inúmeras categorias de livros, dentro do romance… Você precisa definir o gênero que quer escrever antes de passar diretamente para o papel.

A definição desse gênero muda completamente a linguagem e a forma conforme você irá escrever essSe livro.

Supondo que você que queira escrever um livro de Romance Hot ( com conteúdo para maiores de dezoito anos) é totalmente diferente de escrever um livro de Romance policial para adolescentes.

Essa definição de gênero é importante também para você se habituar. Um livro de fantasia, por exemplo, pode ter uma linguagem completamente  surreal, diferente de escrever um livro de Romance baseado em um acontecimento real.

Então, antes mesmo de começar o seu livro: Qual gênero você quer escrever?

Como conhecer o meu público?

A definição do gênero é muito importante para definir o público alvo de seu livro.

Saber qual é o público alvo é importante para trabalhar no livro de acordo a quem irá ler.

Por exemplo: Se você está escrevendo um livro de ficção para adolescentes, pode usar algumas linguagens cibernéticas para que seus leitores se sintam mais familiarizados com a escrita.  E assim por diante…

Pensar na idade de seus leitores, também facilitará na hora de colocar alguns elementos atrativos, sendo visuais ou não.

Para conhecer quem é o seu publico alvo, é importante fazer uma analise no conteúdo e comparar com outros livros ou filmes que tenha gênero e classificação indicativa.

Mas, vou dar uma dica:

Fala de sexo, drogas e violência de maneira educativa para o leitor: A classificação indicativa é de 14 anos.

Se o seu livro fala de drogas, violência física  ou psicológica, com cenas detalhadas e situações fortes: A classificação indicativa para os sites da internet, é de 16 anos.

Se o seu livro fala de sexo explicito: a indicação mínima é de 18 anos.

Quanto  tempo dura uma cena?

uma das grandes preocupações de quem está tentando escrever um livro de romance é a resposta para a pergunta: quanto tempo dura uma cena?

Isso depende muito da necessidade e importância daquela cena para o livro. Não existe nenhuma regra, afinal o bom de se poder escrever um livro é que tudo está sobre o seu controle.

Existem livros por exemplo, que o desenvolvimento inteiro se passa em um único lugar e o período de tempo também é curto.

Então a duração da cena, depende exclusivamente de você. Porém, pense nos seguintes fatores:

  • O quanto essa cena é importante para o desenvolvimento do livro?
  • Existe a possibilidade dela ser mais desenvolvida?
  • Ela irá cansar o leitor?

 Já sei o que quero escrever – Como começar escrever um livro de romance?

Agora que falamos muito em teoria: liberar a imaginação, criar cenário, desenvolver personagem e definir gênero para o seu livro, vamos falar de como começar de fato a escrever um livro de romance, afinal… A primeira parte fala muito dos elementos individuais do livro, mas como colocar isso em prática de fato?

Você já deve ter em mente alguma ideia do que quer escrever… Principalmente se você seguiu as primeiras dicas desse post: liberar a sua imaginação.

O meu grande conselho para que você junte todas essas cenas e consiga escrever um livro de romance de sucesso é: desenvolva um roteiro. Faça uma estimativa da quantidade de capítulos e tamanho de cada capítulo do livro.

Você pode começar por exemplo… Alinhando em uma cronologia, tudo o que não pode falar no seu livro. E fazendo uma pré divisão de capítulos.

Veja a seguir um exemplo fictício do planejamento de um livro de romance:

Conteúdo principal: Todo o livro será baseado no envolvimento de dois amigos que se apaixonam perdidamente durante a adolescente.

 Quantidade de personagens importantes para o desenvolvimento: 5

Características dos protagonistas: ( crie um roteiro para desenvolver as características de cada um dos protagonistas do seu livro de romance)

Cenário principal do livro: (Cada cena do livro pode ocorrer em um ambiente diferente, porém é importante ter em mente um cenário principal para desenvolver o livro, pode ser por exemplo, a cidade onde moram os protagonistas) exemplo: Salvador Bahia ( Assim como desenvolveu um roteiro com as características do personagem, faça com o cenário principal. Pesquise. Veja lugares relevantes para colocar em seu livro e deixá-lo mais rico).

Estimativa da quantidade de paginas: 150 a 200.

Você tem essas informações em mãos, muito bem planejadas, passe para a segunda parte do desenvolvimento do seu roteiro.

  • Qual a quantidade de capítulos é relevante para a criação de seu livro de romance?

Como definir conteúdo principal do livro?

Essa informação é importante para quem deseja definir o conteúdo principal do livro e não sabe por onde começar.

O conteúdo principal é aquele que terá mais importância do desenvolvimento total do livro. Seja a ação do personagem ou mensagem principal que você quer passar para seus leitores.

Se você quer escrever uma história de amor, inter-racial para falar contra o racismo, anote essas informações no seu roteiro antes mesmo de começar.

        Você deve fazer antes de tudo com que o leitor sinta o que você quer transmitir. Ele precisa vivenciar essa experiência com você. Planejar antes, fará com que você tenha maior foco ao escrever.

Caso o seu livro tenha mais de um conteúdo principal, crie o conteúdo principal 1 e o conteúdo principal 2.

Como dividir os capítulos do meu livro?

Partindo do principio que você tem todas as informações a cima em mãos, fica mais fácil você dividir os capítulos do seu livro.

Lembrando que: não é obrigatório ter a divisão de capítulos dentro de um livro, mas eu considero importante, pois além de esteticamente ser agradável ao leitor, irá facilitar para que você escreva o seu livro.

      Quantidade de paginas do livro: 150 a 200.

Lembre-se quanto menor a quantidade de capítulo, maior é quantidade de paginas de cada capítulos.

Vamos usar o exemplo que o livro tenha 10 capítulos ( cada de 15 a 20 paginas) . Criar um roteiro de divisão de capítulos irá facilitar na hora de escrever um livro de romance.

Roteiro fictício da divisão de capítulos do livro:

Capítulo 1 – Eles se conhecem. (coloque o fator mais importante dentro desse capítulo)

Capítulo 2 – Ela descobre que estudam na mesma escola.

Capítulo 3 – Aquela cena que não saí da minha cabeça. ( Você pode usar uma linguagem que apenas você compreenda)

Capítulo 4 –  Ainda não sei. ( O roteiro é para te ajudar, não é preciso ter o livro, todo definido, ou pré-definido em sua mente).

Capítulos 5: – Ele pede ela em namoro.

Capítulo 6 – Eles tem aquela noite romântica incrível.

Capítulo 7 – Ele recebe uma ligação da ex que quer voltar com ele.

Capítulo 8 – Ele fala com os pais dela. Ele tem o primeiro pensamento sobre casamento.

Capítulo 9 – Ela descobre da ligação da ex dele. Ela termina o namoro.

Capítulo 10 – Ele vai atrás dela. Se justifica. Pede ela em casamento. Eles se casam.

 

É claro que esse é apenas um exemplo técnico e genérico para a criação de seu livro.  Mas, a partir do momento que você tiver uma pré-definição dos capítulos fica mais fácil de você preencher cada um deles e deixar a imaginação fluir ainda mais.

Como escolher um título interessante ao escrever um livro de romance?

Eu coloquei esse tópico aqui, porque escolher um título do livro, pode ser a primeira coisa ou a última que você decide na estruturação do seu livro.

Porém, querendo ou não, muito dos leitores se interessam pelo livro através do título.

Para escolher um título interessante pense nos seguintes critérios:

  • Não use nada genérico ou copie outros títulos.
  • Crie um título que tem tudo a ver com a história que está escrevendo e que tenha remeta claramente o gênero do livro.
  • Faça enquete nas redes sociais e com os amigos próximos a você.
  • Não escolha nada muito longo.
  • Se inspire em títulos de livros que te chame a atenção.

Desenvolvendo o ponto de vista de escrita de meu livro:

Um mesmo acontecimento, pode ser contado de inúmeras formas e pontos de vistas completamente diferentes. Definir a maneira conforme a sua história será contada para o leitor é essencial. Afinal, todo o livro irá depender disso.

Quais as maneiras que posso narrar o meu livro? – Tipos de narrador:

Se você quer escolher a maneira conforme irá narrar o seu livro, é preciso conhecer os tipos de narradores e escolher aquele que se enquadra melhor no que você está procurando.

Narrador protagonista:

É quando o livro é narrado pelo personagem principal. Onde ele apresenta ao leitor o seu ponto de vista e participa da história.

Exemplo: Eu fechei os olhos, sentindo as minhas pernas fraquejarem. O meu coração doeu dentro do peito… Eu o amava. Mas, chegar ao altar, não fazia parte dos meus planos. Não, agora. Como pude deixar que me pressionassem a esse ponto?

Narrador – testemunha:

Ele não é protagonista. Está ali apenas para contar o leitor o seu ponto de vista da situação. Porém, não tem tanta emoção ao ser escrito. Ele conta apenas o que viu.

Exemplo: Ela estava vestida de branco. Os olhos de todos estavam presos a ela. Um sorriso surgiu de seus lábios. Estava nervosa… Mas, que noiva não estaria nervosa no dia do seu casamento? Ela olhou para mim e eu me senti feliz por ter sido escolhida para ser a madrinha daquele dia tão importante.

Narrador Onisciente Neutro:

Ele sabe de tudo. Conhece todas as informações e sabe o que está acontecendo. Mas, não influencia o leitor a ter uma opinião positiva ou negativa sobre o que está acontecendo. Ele também não participa da história, apenas conta o que está acontecendo.

Exemplo: Ela mordeu os cantos do lábios. Pisou no tapete vermelho e caminhou em direção ao altar.

Narrador Onisciente seletivo:

Ele sabe de tudo. Não participa da história, mas descreve emoções e pensamento de um ou mais personagens, fazendo com que o leitor se posicione contra ou a favor.

Exemplo: Ela entrou na passarela a culpa corroía o seu coração. Apesar de querer desistir de tudo, ela tinha uma palavra a cumprir. No altar, o noivo sorriu sarcástico, afinal… Finalmente teria o controle sobre a fortuna dela.

Narrador observador: 

É aquele que narra apenas um dos pontos de vista da história. Ele não participa. Não é testemunha. Não apresenta fatos. Mas se posiciona apenas de um lado.

Exemplo: Ele sorriu ao vê-la caminhar em sua direção para firmarem a sua união.

Desenvolvendo a trama perfeita: como fazer eles lerem mais um capítulo?

Você já reparou que algumas novelas, por mais chatas e entediantes que sejam arrastam centenas de pessoas para assistir um capítulo após o outro?

É claro que…

Usar as novelas como exemplo de uma boa história, não é uma boa ideia.

Mas o grande segredo para essas novelas serem tão viciantes, são gatilhos mentais que façam com que o leitor tenha mais curiosidade em saber o que vai acontecer do que qualquer outra coisa.

Isso chama-se técnica. Alguns desenvolvem após lerem muitos livros ou terem uma vasta experiência como escritor.

É por isso que desenvolver o roteiro dos capítulos, baseado em um acontecimento central que deve ocorrer  evita que o seu livro se torne chato e massante. E tenha sempre algo de interessante acontecendo. Crie expectativas no leitor, faça o sentir que vale a pena continuar lendo para saber o que vem a seguir.

Termine os capítulos em situações de tensões ou sugestivas. Prenda-o em suas palavras. Tome cuidado, para não entrar na típica enrolação de novela mexicana.

Exemplo: Eu desci as escadas sabendo que a encontraria ali. A felicidade em meu peito, por vê-la novamente depois de tantos anos, era indescritível. Porém o sorriso fugiu de meus lábios, assim que eu senti o sangue gelado tocar os meus pés.

Não é o melhor exemplo… Mas, você pode encerrar os seus capítulos nessas situações. Pois o leitor irá passar para o capítulo seguinte na expectativa de saber o que realmente aconteceu. O mesmo pode acontecer em qualquer situação, você só precisa saber escrever.

Isso é algo que se todo escritor adquire com o tempo.  Mas, ter uma noção disso enquanto se está produzindo o livro é importante para escrever um livro de qualidade.

Principais erros cometidos ao escrever a trama de um livro:

Mesmos os grande autores estão sujeitos a cometerem erros graves no desenvolver da trama de seus livros.

Vou mostrar a você os maiores  erros cometidos por escritores iniciantes ( e as vezes, não tão iniciantes assim) para que você possa evitá-los.

Acontecimento sem sustância:

Todo leitor, mesmo que ele esteja lendo um livro de fantasia, quer que os acontecimentos façam algum sentido. Procure por acontecimentos que possam ser sustentados e explicados de alguma forma.

Falta de detalhe ou detalhe em excesso:

Para escrever um livro de romance é importante ter moderação ao escrever. A ausência de certos detalhes deixa a história sem sentido e o excesso faz o livro, uma obra cansativa.

Pressa ao escrever:

A pressa é a inimiga da perfeição. As vezes no desespero de querer  escrever tudo de uma vez, você deixará erros graves passar diante os seus olhos.

 Histórias previsíveis:

Se você quer escrever um livro de romance, precisa tomar cuidado com as histórias previsíveis. É claro que, com a quantidade de livros existentes é difícil encontrar livros completamente originais. Porém, como escritor você deve fazer o possível para cativar o seu publico com originalidade ( não é o caso de Fanfics).

Conceitos mal desenvolvidos:

Quando eu estou analisando um livro, se tem algo que tem o poder de me conquistar o desencantar de vez é o conceito do livro. Alguns autores inexperientes acabam colocando conceitos absurdos em seu livro, sem se dar conta disso.

Apologia a violência, romantização de relacionamentos abusivos, entre outros conceitos mal expressados. Tome cuidado com a mensagem que você quer passar para seus leitores.

Personagens mal elaborados:

Os personagens mal elaborados podem queimar o seu livro. Principalmente porque as pessoas querem ler ao algo que consigam acreditar que é real. Por isso, desenvolver personagens com personalidades e características próprias é extremamente importante.

Como escrever com emoção?

Eu costumo dizer que livro bom é aquele que desperta emoções sinceras do leitor. Independe de quais sejam.

Você pode ter uma crise de raiva, choro, riso… Se o livro te desperta emoções, é porque ele foi escrito com emoção e isso faz a total diferença.

Se você quer escrever um livro de romance que faça sucesso, repassar essa emoção para o leitor é essencial. Para isso, você precisa ter uma sintonia muito forte com a história que está escrevendo. Sentir as emoções do personagem e escrever com alma e coração.

Se você colocar amor e paixão em seu livro, certamente conseguirá escrever um livro de romance.

Como escrever o final de um livro de romance?

Com todas as informações apresentadas ao longo desse texto é possível escrever um livro de romance bem estruturado.

Chegamos ao final do livro e a grande dúvida é: Como escrever o final?

Primeiro é preciso deixar bem claro que, livro nenhum precisa ter um final feliz. Mas, todo livro é preciso ter um final completo.

Um final completo é aquele que faz com o leitor chegue a uma conclusão final e pense: “ valeu a pena ler esse livro”. Ele me passou alguma coisa interessante.

E os melhores finais de livros são aqueles impactantes que marcam o leitor. Ele não apenas conclui o livro, mas ele penetra na alma e conversa com você. Então, você precisa fazer com que o leitor se conecte com o final da sua obra.

Não force uma situação. Não se apresse.

          Nem sempre é possível seguir o roteiro até o final. A sua mente vai trabalhar. Muitas ideias novas irão surgir. Muita coisa pode mudar. Pergunte a si mesma: Esse é o momento certo, para finalizar a minha obra?

Tentar forçar um final, só estragará todo trabalho que você teve até então. As vezes, um final precisa ser trabalhado por meses, para que chegue a perfeição da forma que precisa ser.

           E eu espero sinceramente… Que escrever o final do seu livro de romance, seja a coisa mais prazerosa que fará na vida. Porque eu, acredito no seu potencial para isso.

Terminei de escrever um livro de romance. E agora?

Escrever um livro de romance, é a parte mais difícil e complicada do processo. Porém… O que fazer com o seu original, após toda essa dedicação, em escrever o livro perfeito?

Se o seu sonho é a publicação de um livro, ainda existe muito a ser feito. E eu vou auxiliar você.

Seja o seu próprio leitor:

É claro que você irá pensar… Mas, eu sei o que está escrito dentro do livro. Afinal… Fui eu, quem escreveu.

Porém a situação é completamente diferente. Ler um livro requer uma analise diferente de se escrever.

Está na hora de você sentar para ler a obra que você produziu. Mas, nesse momento, você não é o arquiteto desse universo, você é um critico, que está lendo um livro que ganhou de presente.

Apenas, leia… Deguste cada palavra, como degustaria um livro, que acabou de comprar em uma livraria.

Talvez você ache interessante, fazer a leitura acompanhada de uma trilha sonora que gosta e talvez prefira anotar essa trilha sonora para compartilhar com os seus leitores mais tarde. Mas, nesse momento… Você não tem o poder de alterar nada do que está escrito. Você deve apenas, ler.

Leve o tempo que precisar. Não tenha pressa. Isso requer paciência.

O Check List do livro perfeito:

Após concluir a leitura de seu livro, chegou o momento de ser sincero consigo mesmo. E se orientando pelo check List abaixo é a melhor opção:

  • Enredo envolvente
  •  Personagens desenvolvidos
  •  História interessante
  •  Linguagem de acordo 
  •  Conceitos claros

Esse é o momento onde você irá identificar os possíveis erros cometidos ao longo do processo. E irá corrigi-los para que o seu livro fique de acordo as suas expectativas.

Porém jamais aceite de si mesmo a resposta: Nada está bom.

Se tem algo que não lhe agrada, identifique o que é e solucione. Porque, quem controla é você.

Caso prefira pedir ajuda de alguém, para lhe sugerir alteração ( os conhecidos leitores betas), busque por pessoas de sua confiança, que tenham conhecimento sério a respeito. Afinal, você não irá querer um leigo, pedindo para fazer alterações sem sentido.

Uma vez que esses erros foram identificados, corrija-os.

Correção ortográfica de meu livro:

É importante você saber: todo livro precisa de correção ortográfica.  Isso é uma regra do universo literário.

A melhor opção que você tem é corrigir o seu próprio livro, ou pedir a alguém de sua confiança que entenda muito bem de português para que faça a correção ortográfica. Mas, é preciso tomar cuidado, afinal… Você não vai reescrever o livro, apenas alterar os possíveis erros ao longo dele.

Você pode contratar alguém que faça essa correção, mas adianto que terá que desembolsar pelo menos R$750,00 ( para um livro de 100 páginas) , já que é um trabalho muito difícil de ser feito.

A maioria das editoras de livros, oferecem esse serviço, mas irão cobrar um valor muito mais caro, para que seu livro fique livre dos errinhos de português.

O processo de publicação de um livro de opção – Considerando todas as opções, após escrever um livro de romance:

O seu livro está do jeito que você sempre quis. Só existe um problema… O sonho de publicação ainda parece distante. Mas…

Analisando as minhas opções:

Sim! Se você escreveu um livro de romance e tem ele em suas mãos, você tem opções do que fazer a seguir. E eu vou apresentar essas opções a você. Explicando sobre a importância de cada uma delas, para que seu livro, seja um sucesso.

A publicação em uma plataforma de leitura gratuita:

Existem inúmeras plataformas gratuitas que permitem ao escritor, publicar as suas obras gratuitamente. Não vou entrar em detalhes sobre essas plataformas, mas sem dúvida a Wattpad é a minha favorita.

Você deve estar se perguntando: Mas, por qual motivo um escritor que teve tanto trabalho para escrever um livro de romance, colocaria a sua obra em uma plataforma gratuita para que pessoas possam ler, sem pagar nada?

Vou te responder, contando uma pequena historinha verídica que eu tive o prazer de protagonizar:

Depoimento:

           Fazia seis meses que o meu primeiro livro, havia sido publicado por uma editora. E para a minha grande tristeza, todas as cópias que adquiri estavam guardadas na gaveta, sem nenhuma venda. Foi quando acidentalmente, conheci a plataforma do Wattpad e tive a minha primeira interação.

Publiquei alguns capítulos do livro e consegui 200 leituras na época. O meu sonho havia ido por água abaixo e eu estava desiludida com o sonho de publicação.

Na época eu contei a minha história e três dias depois recebi um telefonema, uma das pessoas que leu o meu livro, descobriu que eu tinha apenas quatorze anos de idade e ligou para a Globo, sugerindo que eu havia acabado de quebrar um novo recorde: era a mais nova romancista do Brasil.

Apesar do título em meu currículo, minha carreira como escritora ganhou destaque um ano depois, quando postei o livro: A Noiva do Meu Irmão e atingi a marca de mais de 700 mil leitores. Sendo entrevista na semana seguinte pela revista Exame. 

Foi então que descobri que muitos autores usam a plataforma de leitura para fazerem com que suas obras fossem conhecida. Um livro que atinge a marca de Best Sellers na plataforma, ganha muitos fãs. Fãs que divulgaram a sua obra e serão fieis a suas futuras publicação, seja comprando um E book ou o livro físico.

As vezes essas mesmas pessoas que leram o seu livro gratuitamente, irão comprar a obra novamente, só pelo carinho que tem por você.

  Em breve, pretendo fazer um post dando a vocês algumas dicas para arrasar com a publicação, nessas plataformas e fazer com que o seu livro, ganhe milhares de leitores. 

Publicar o meu livro na Amazon:

Publicar o livro na Amazon tem sido a saída de inúmeros escritores brasileiros, que não podem arcar com os custos da publicação física. E sim, é uma excelente ideia.

A Amazon paga um valor de 30% sob o valor de venda do livro, para livros que custem até R$4,99. Para livros mais caros, o autor recebe 70% do valor da venda por cada livro vendido. É uma boa opção, certo?

Porém a Amazon só é realmente rentável para quem tem condições de arcar com uma boa divulgação. Fazendo assim com que seu livro tenha muitas compras e você tire um bom lucro.

E é por isso que eu retorno a falar que optar pela plataforma de leitura gratuita é uma boa oportunidade de divulgar suas obras.

Enviar o meu livro para uma editora:

Ah! O sonho de publicação por uma editora…

Não convém falar disso aqui, já que pretendo fazer um post vai esclarecedor para compartir com vocês, mas existem três tipos de editoras de livros atualmente no Brasil.

E dificilmente você conseguirá uma editora que arque com os custos da publicação. E caso encontre, não ganhará mais do que 20% das vendas. Um pouco injusto, não?

A escolha da publicação de seu livro, por uma editora prestadora de serviços ( que você paga eles fabricam) pode ser uma boa opção, quando você se encaixa nos principais critérios:

  • Eu tenho muito dinheiro para investir na publicação!
  • Eu tenho recursos para criar uma boa campanha de marketing e vender centenas de cópias!

Principalmente porque de nada adiantará investir quase 10 mil reais, para ficar com 200 livros na gaveta. Sim, foi isso o que eu fiz no inicio da carreira.

Se você quer realmente segurar o seu livro de romance nas mãos e ter um gostinho de ser escritor, você pode optar por: publicar um livro, apenas para realizar esse sonho e investir apenas o necessário. Ou priorizar todo a campanha de divulgação que tiver, utilizando as plataformas de leituras e as redes sociais, para que você tenha compradores para seu livro.

Porque se você tiver… Sim, publicar o seu livro, pode ser uma boa forma de ganhar dinheiro.

Concluindo:

Talvez não tenha ficado tão esclarecido as informações em relação a publicação de seu livro, mas pretendo fazer um post apenas para explicar a respeito.

Escrever um livro de romance, requer dedicação e muita persistência. Existem escritores que nunca venderam um exemplar, mas existem escritores que venderam milhares deles. Você só saberá se tentar.

Não leve em consideração os comentários negativos que você vai ouvir. Porque se você quer… Você vai conseguir escrever um livro de romance.

Espero que tenham gostado e que tenham tirado pelo menos algum proveito de tudo o que eu escrevi. Em breve, pretendo começar um canal no Youtube, para que possa explicar algumas coisas a vocês.

Se tiverem qualquer dúvida em relação a como escrever um livro de romance, processo de publicação, custos e outras informações a respeito, é só comentar nos comentários que terem o maior prazer de esclarecer vocês.

Nenhuma das técnicas citadas a cima são regras essenciais. Afinal, como eu disse… Cada escritor tem a sua própria forma de escrever. Porém, sei que a maioria não tem problema em começar um livro de romance, mas em organizar essas ideias de uma maneira coerente. Espero ter ajudado.

    Obrigada por ter chegado até aqui! 

Como escrever um livro de romance? Tudo o que você precisa saber para escrever um livro de sucesso!
5 (100%) 4 votes

About Keslley Cremonezi

Keslley Cremonezi foi considerada uma das romancistas mais nova do Brasil com mais de onze livros escritos, publicou o primeiro livro: O Sabor da Vingança aos 14 anos de idade e o livro Terra de Floreyviu – Encanto de Fadas um ano depois. Conquistou quase um milhão de leitores no ano de 2016 com o livro: A Noiva do Meu Irmão, publicado na internet. Hoje aos 17 anos é redatora publicitária com mais de três mil artigos publicados na internet, cursou Web designer e Marketing Digital. Keslley Cremonezi é modelo agenciada por uma das maiores agencias de moda do país. Pretende cursar fotografia, psicologia e teatro. É resenhista e blogueira do Portal dos Leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *